Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2011

LEI X COMPORTAMENTO X LEI

Segundo projeto de lei que foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania - CCJC da Câmara dos Deputados, transportar bebida alcoólica fora do porta mala, é uma infração gravíssima (7 pontos na CNH) com penalidade de R$ 191,44. O projeto para entrar em vigor terá que passar pela análise no Senado.
No Brasil, acontece o seguinte pensamento: Criar leis que impeça uma procedimento "criminoso", no caso de trânsito, um mau comportamento.
Querem frear um comportamento incorreto, transformando-o em infração, que gerará receita. (dinheiro) 
Já imaginaram se desde 1998, ano e que o Código de Trânsito entrou em vigor, o Art. 74 fosse aplicado.
Vejamos: "Art. 74. A educação para o trânsito é direito de todos e constitui dever prioritário para os componentes do Sistema Nacional de Trânsito."
Se esse Art. fosse aplicado de forma consistente, Como seria o trânsito hoje? Será que seria necessário a criação de outras leis?
Lei muda comportamento? 
Para mudar um comporta…

COMUNICAÇÃO NO TRÂNSITO

É comum ao ser vivo a comunicação. 

Ao comunicar manifestamos nossos desejos e sentimentos com palavras, gestos, olhares e até mesmo com um suspiro podemos dizer e comunicar algo que queremos que o outro entenda como estamos nos sentindo. É natural a comunicação entre seres vivos, principalmente entre os homens que tem uma gama enorme de meios e símbolos para que tal comunicação aconteça, para se relacionar e demostrar sentimentos. A comunicação faz parte da vida social.
Os animais comunicam-se por gemidos, ruídos, latidos, mugidos, gestos e até mesmo olhares. Um cão sem precisar dar um latido, por gestos e olhares já indica que não gostou do outro cão ou de uma pessoa.
Nós seres humanos, além de gestos que podem ser dados por instintos, sem nossa percepção aparente, podemos expressar-nos através de palavras de forma bem inteligíveis e racionalmente. Assim, nossos sentimentos, desejos e emoções são manifestos. Podemos conversar com Deus, com animais, com plantas e nos sentirmos correspon…

DIRIJA SEM ÁLCOOL

Depois de tanto recitar em campanhas frases como "SE BEBER NÃO DIRIJA" ou "SE DIRIGIR NÃO BEBA" e nenhum resultado alcançado e sem nenhum efeito produzido. Que tal mudar?


Envie sua frase, sua opinião, construa seu pensamento sobre o trânsito em que você vive.


O importante é: BASTA! 


Não suportamos mais isso que chamam erroneamente de acidente.


Acidentes podem sim ser evitados se seu comportamento for mudado, condicionado a cumprir as normas.


Portanto, "Seja livre na direção. Seja livre pra decidir. Dirija sem álcool." 
(Passe pra frente a campanha; dirigir sem álcool.)


Se a nossa atitude é de mudança e essa mudança começar em nosso comportamento, então o efeito será notório.


Não sejamos negligentes! 


PARE!
PENSE!
MUDE!
Siga a campanha do Ministério das Cidades e DENATRAN.


Trânsito é comportamento!

SEJA LIVRE PARA DIRIGIR. SEJA LIVRE DO ÁLCOOL

To be or not to be. That's the question. 
Uma das frases mais citadas de Willian Shakespeare (26/04/1564 - 23/04/1616) precisa ser resgatada para uma realidade nada filosófica. Beber ou não beber, é a questão  ou  dirigir ou não dirigir, é a questão  ou ainda Beber e dirigir, é a questão 
"Uma questão filosófica para um índice nada irreal."
O trânsito, que é prático e dinâmico não permite erros.  Acidentes acontecem e quanto a isso não há dúvida, a problemática é  frequência em que eles acontecem. Ficou tão banal que não poderíamos classifica-lo como acidentes. 
A estimativa  do Ministério da Saúde indica que diariamente 290 mil pessoas dirigem alcoolizadas no país.  Mais de 50% das colisões e atropelamentos ("acidentes") estão relacionados a ingestão de bebida alcoólica e direção.
Voltando ao nosso tema: Se eu beber vou dirigir? se eu dirigir irei beber? Beber ou não beber? Dirigir ou não dirigir? És a questão.
A questão é que as pessoas imaginam que se elas forem a uma festa di…

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO 020/2011

O Detran/ES convocou os Diretores Gerais e/ou de Ensino ou seus representantes legais de Centro de Formação de Condutores - CFCs (autoescola) para uma reunião onde a pauta do dia seria o esclarecimento de alguns Artigos do Manual do Examinador de Trânsito, suas atribuições e pratica operacional diante da suas funções.
     Numa reunião confusa e com muito barulho, blá-blá-blá e falta de respeito de alguns representantes de CFCs, a intenção primária da reunião parace não ter sido alcançada, que era disciplinar e orientar os representantes legais a repassarem aos seus "subalternos" Instrutores e esses aos alunos sobre procedimentos operacionais, regras e normas diante da realização dos exames de direção veicular.  
Por telefone, perguntei a alguns amigos meus sobre o que eles entenderam sobre o que o órgão estaria comunicando a eles. A resposta foi: não entendi muito coisa. Então, perguntei, o quer vocês entenderam de toda reunião?
"- É, eu entendi que, em algum ponto, temos,…

COMPORTAMENTO CORRETO

A sinalização de Trânsito existe para orientar, advertir e disciplinar a circulação dos elementos do Trânsito ao longo das vias. E mais do que isso, ela é uma autoridade na ausência do Agente de Trânsito, segundo a ordem de prevalência. 
Art.89. A sinalização terá a seguinte ordem de prevalência:
I - As ordens do agente de trânsito sobre as demais normas de circulação e outros sinal (sinalização)
II- As Indicações do semáforo sobre os demais sinais; (sinalização)
III - as indicações dos sinais (sinalização) sobre as demais normas de trânsito.


A regra é a seguinte:
Os ordem do agente são imperativas;       (não podem ser contrariadas) 
As ordens semafóricas são imperativas;     (não podem ser contrariadas)
Os sinais (sinalização- placas ou pinturas na via) são imperativas     (não podem ser contrariadas)   
As normas de circulação são educativas.   (Podem ser contrariadas pela educação e respeito)


Diferentemente dos outros sinais de trânsito, as normas de circulação e conduta, em alguma situação…

EDUCAÇÃO E RESPEITO PARA UM TRÂNSITO MELHOR

Quando se pensa que as coisas estão melhorando, as vezes até está, porém, acontecem coisas que...
...Uma boa educação e respeito resolvem.


a falta de educação e a imprudência dos usuários das vias terrestres é impressionante. 
A consequência disso?
Atropelamentos e acidentes graves.


No mês de Junho foi postado neste blog a falta de sinalização horizontal na região da Vila Rubim, em Vitória ES. Especificamente na Av. Duarte Lemos.


Veja aqui a avenida sem sinalização


Depois de alguns dias, a sinalização foi toda restaurada, a via agora mostrava ser o que era de fato; uma via de três faixas, o que não parecia antes da pintura da sinalização. Isso causava, um certo pavor e descontrole nas manobras feitas pelos motoristas e motociclistas e até mesmo para os pedestre.


Veja aqui a mesma avenida com a sinalização restaurada


Porém, surgiu uma outra problemática:
a imprudência e a falta de educação.


Somente neste semana, foram quatro atropelamentos no mesmo local, sendo um gravíssimo.
Em um dos atropelamen…