Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2018

AULAS NOTURNAS EM AUTOESCOLA

Em 8 (oito) anos de aulas noturnas teve algum resultado positivo? Teve resultados pedagógicos consistentes? Mostrou resultados técnicos de aprendizagem na direção para o novo aluno?
Na opinião da grande maioria não.
No atual momento do pais, aulas noturnas trazem mais desconforto, prejuízos e sensação de medo do que qualquer outra coisa. aprender de fato... "necas de pitibiriba"
Alunos, instrutores e donos de auto escolas que vivem a realidade da aprendizagem do dia-dia, a prática do que é dar aula, o corpo-a-corpo no desenvolvimento das técnicas estão sendo a cada dia levados ao estresse por erro grasso legislativo, diga-se de passagem que é bem comum quando se trata de pessoas que não conhecem a matéria e impõe sobre uma classe trabalhadora um julgo desnecessário e contra as autoescolas uma peso nas despesas e sobre os alunos, uma carga pecuniária.
Mas então, qual a razão de existirem aula noturna para o candidato de primeira habilitação?
Vamos voltar ao tempo:
Quem tirou a habi…

TRÂNSITO E POLÍTICA

A política e o trânsito sempre andaram na mesma direção.
Não há como desvincular um do outro.
Um exemplo é que congresso nacional (senadores e deputados federais) e o presidente da república, estão diretamente ligados à legislação de trânsito e assim, os candidatos eleitos, (presidente, senadores e deputados) definiram as regras e leis de trânsito.
Mas não só eles, ainda cabe aos ministros, estes incumbidos e revestidos de autoridade, que regulamentarão o trânsito em sua cidade.
Vejamos, todos sabem que cabe a União legislar sobre trânsito conforme dispõe a CF/88, por conta disso, somente o Congresso tem essa legitimidade. 
O presidente da república, também pode exercer sua competência para alterar as regras do trânsito através de medida provisória, a exemplo da então presidente da república, Dilma Rousselff, que no final do ano de 2015, com a Medida provisória 669/2015 contra a greve dos caminhoneiros - alterou alguns dispositivos da legislação de trânsito, onde previa que a obstrução de …

O TRANSITO REPRESENTADO PELO LEGISLATIVO ESTADUAL

Sei que legislar sobre trânsito, segundo a CF/88 em seu artigo 22, inciso XI é  de cunho privativo da União. Certo? Certo. No entanto, competência Privativa não é competência exclusiva. Vejamos:
A competência exclusiva está disposto no artigo 21 da Constituição Federal de 1988 e a competência privativa no artigo 22. Uma das diferenças é que a competência exclusiva (art. 21) não pode ser delegada (indelegável) e a competência privativa, ao contrário, poderá ser delegada, por exemplo, para os Estados, quando estes poderão elaborar lei específica sobre matérias que seriam de competência única da União. Um exemplo a ser citado é a elaboração de uma lei estadual versando sobre estacionamento rotativo de placas na cidade de São Paulo.
Assim, como em outros Estados há representantes do povo nas casas legislativas do estadual, também, hoje, temos a oportunidade de ter como representante Antonio da Emater no legislativo capixaba e com uma experiência que lhe procede e precede como gestor empreen…