Pular para o conteúdo principal

O VALOR DE UM PROFISSIONAL



Sempre que surge um problema, seja na saúde, trabalho, emprego, no fazer, no criar, no administrar, procuramos o profissional mais bem atualizado e competente do mercado.

Possivelmente, você não viajaria num avião, se antes de decolar, o piloto comunicar que aquela é a primeira viagem dele; possivelmente, você não faria uma cirurgia de alto risco com um médico que acabou de sair da faculdade, ainda que ele tenha todos os diplomas possíveis.

Queremos ver neste profissional suas competências. E competência é um conjunto de conhecimentos, habilidades, atitudes e comportamentos éticos que permitem ao indivíduo desempenhar com eficácia e eficiência determinadas tarefas.

Falar sobre o profissional competente ou que tenha competência em determinado oficio é muito abrangente pois precisaríamos sondar não só sua capacidade cognitiva.

Mas podemos falar em competências básicas de um profissional que é fundada nos princípios técnicos e científicos, de caráter geral e são relativas à formação profissional. A exemplo de um instrutor de trânsito que acabara de se formar. Ele tem competências básicas para orientar um candidato à Primeira Habilitação em como passar num exame. Ainda que ele não seja bem-sucedido na empreitada. Mas a competência foi lhe dada ao concluir o Curso de Capacitação de Instrutor de Trânsito.

Ainda podemos ir mais além, do profissional que tem competências especificas. Ou seja, além da competência básica, ele tem a capacidade técnica que permite operar eficientemente os objetos e variáveis que interferem diretamente na criação do produto ou na prestação do serviço. Trata-se sobre o domínio dos conteúdos no âmbito do trabalho que desenvolve e a posse de conhecimentos específicos e gerais e de habilidades necessárias para atividade. A exemplo do profissional instrutor de trânsito, que além da competência básica adquirida no Curso de Instrutor de Trânsito, ele adquiriu outros conhecimentos que são agregados a suas atividades. Podemos chamar este profissional de capacitor.

Entre outras tantas competências que podem ser agregadas a este profissional que através de estudos, conhecimentos práticos e trabalhos desenvolvidos, ainda lhe cabe falar sobre seu diferencial entre outros profissionais que é a competência de gestão.

Competência de gestão é o conjunto das capacidades aplicáveis nas diversas formas metodológicas relativas à qualidade e à organização do trabalho e à condição de responder a situações novas e imprevistas dentro de sua atividade funcional.

Neste sentido, procurarei contratar o melhor profissional se quero minha empresa bem posicionada no mercado, se quero um serviço prestado de maneira eficiente e eficaz.

Tratando-se de instrutores de trânsito, diretores, recepcionistas ou secretárias (os) preciso senão alcançar e contratar os melhores, pelo menos treinar para que cumpram com os objetivos da empresa e que tenham a decência do autodesenvolvimento profissional.

Qual profissional queremos ser ou que queremos contratar para nossa empresa? Qual tipo de profissional você procura? Onde encontra-lo?

O profissional de hoje em dia precisa ter características para a geração de negócios para a empresa.

São pré-requisitos: agilidade, coletividade e capacidade de gerar valor agregado ao produto.

O profissional precisa ser multifuncional, polivalente, ter habilidade para trabalhar em equipe. Precisa ter inteligência, experiência e expertise, transformadas em valores éticos, e que tenha uma visão global mesmo que ele não trabalhe fora do país. Ao lado disso, ele precisa ser capaz de entender as estratégias de sua empresa. (campograndenews.com.br)

Não quero apenas um instrutor de trânsito que dê boas aulas práticas; eu preciso de um instrutor de trânsito que dê aulas práticas com valores agregados a sua vida profissional, pessoal e coorporativa.

Não quero ser apenas mais um profissional no mercado de trabalho, quero ser o profissional que faça a diferença no ramo onde exerço minhas atividades profissionais.

Então, qual o valor do profissional que agrega valores a sua marca, empresa ou produto? Valor de mercado? Salário engessado? Igual aos demais?

Portanto, Não meça o profissional com sua régua e sim com a dos seus clientes. Por que no final, todos queremos ser bons profissionais e queremos contratar os melhores, mas poucos irão ter ânimo para querer ser ou outros muitos não serão motivados a serem.

Alexandre Basileis é:
Professor, Teólogo, Pedagogo, Escritor, Consultor/analista de Trânsito,  Especialista em Metodologia de Ensino de filosofia e sociologia e Instrutor de Trânsito;

Experiência profissional:
Diretor de Ensino, Diretor Geral, Instrutor de Trânsito, Consultor analista de Trânsito, professor de ética e de ciência da religião;

Palestras:
Legislação de Trânsito, Segurança  e comportamento no Trânsito e educação de trânsito, Direção Preventiva;

Especialidades:
Metodologia de Ensino de Filosofia e Sociologia, Educação Inclusiva e Direito e Educação no Trânsito;

Serviços Prestados:
Consultoria técnica  pedagógica ao Senac /ES; ao Instituto Brasileiro de Estudos do Trânsito - IBETRAN em projetos, pesquisas e sinalização de trânsito; EDUCAR  CURSOS - professor

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ROTATÓRIAS NO EXAME DE PRIMEIRA HABILITAÇÃO

Como fazer? Devo usar a seta pra direita ou esquerda quando entrar na rotatória? E quando circular por ela, aciono a seta pra esquerda ou não precisa? E quando sair da rotatória, aciono a seta pra que lado?
Essas são algumas de muitas dúvidas que  candidatos à Primeira Habilitação e pra vergonha nossa, digo que até  muitos instrutores e claro, que não ficam de fora, muitos examinadores de trânsito que desconhecem as regras de circulação em rotatórias na hora de avaliação e treinamento.
Procurado por alguns candidatos a examinadores, que foram reprovados nas rotatórias, decidi  postar aqui o assunto - rotatória.
Antes de falar especificamente de rotatórias e como realizar bem o movimento nelas, sem violar as regras, vamos falar das Normas de Circulação no que se referem à mudança lateral de direção do veículo. 
          Art. 35. Antes de iniciar qualquer manobra que implique um deslocamento lateral, o condutor deverá indicar seu propósito de forma clara e com a devida antecedência, por me…

UTILIZAR, MANUSEAR OU SEGURAR O CELULAR? QUAL A DIFERENÇA?

QUAIS AS CONSEQUENCIAIS LEGAIS DIANTE DO CÓDIGO DE TRÂNSITO?
Para inicio de conversa, dirigir conversando pelo celular é infração de trânsito. Agora, se você pratica algumas dessas ações abaixo, corre um grande risco de ser autuado. Vejamos:
MANUSEAR  O CELULAR
SEGURAR O CELULAR
UTILIZAR (FALAR) AO CELULAR

Diante da Lei 13.281/06, que foi publicada no dia 05/05/2016 do Diário oficial da União  e que entrou em vigor dentro de 180 dias a partir da data de sua publicação, isto é, desde de 01/11/2016, tem causado conflito até mesmo na hora da autuação. Pois, a lei, incluiu o parágrafo único no artigo 252 do CTB.
A questão que se levanta é: Será infração gravíssima falar ao celular ao conduzir veículo automotor?
Vejamos os termos da referida lei.
O artigo 252 tem como redação em caput o seguinte:
Art. 252. Dirigir o veículo: 
em seguidas há alguns incisos 
I - ...;    II - ...;    III - ...;    IV - ...; 
  V - com apenas uma das mãos, exceto quando deva fazer sinais regulamentares de braço, mudar a ma…

QUESTÕES DA PROVA PARA EXAMINADOR DETRAN/ES

FALAREMOS SOBRE ALGUMAS QUESTÕES DO EXAME DO PROCESSO SELETIVO PARA EXAMINADOR DE TRÂNSITO - DETRAN/ES 2014
(Post sugerido por Candidatos a Examinador de Trânsito - Interno e Externo do Detran/ES)
1 – A suspensão do direito de dirigir ocorrerá quando o condutor atingir: A – vinte pontos no prazo de doze meses. B – vinte pontos sem limite de prazo. C – vinte e um pontos sem limites de prazo. D – vinte e um pontos no prazo de doze meses.
Resposta correta é a “A”.
Análise da resposta: Segundo o Código de Trânsito Brasileiro – CTB  no artigo 261 e parágrafo primeiro diz que “Além dos casos previstos em outros artigos deste Código e excetuados aqueles especificados no art. 263, a suspensão do direito de dirigir será aplicada quando o infrator atingir, no período de 12 (doze) meses, a contagem de 20 (vinte) pontos.” E na resolução 182/05 no artigo terceiro e inciso I diz que: “A penalidade de suspensão do direito de dirigir será imposta nos seguintes casos:  “ sempre que o infrator atingir a contage…