Pular para o conteúdo principal

A VIDA SENDO CONSUMIDA PELO TRÂNSITO

Há situações que juntas, consomem boa parte do tempo de nossas vidas.

Primeiro - dormir.



Um brasileiro médio passa 23 anos, 9 meses e 7 dias de sua vida dormindo. Isso levando em conta oito horas de sono diárias e a expectativa de vida no país, que, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é hoje de 71 anos. Se chegarmos aos 90 anos, dormiríamos cerca de 30 anos. Ou seja 1/3 de nossa vida.

Até que neste ponto não é ruim, haja vista que a noite bem dormida ajuda a restabelecer toda nossa estrutura psíquica, metabólica e física.

Segundo: trânsito.

Em contra partida, o tempo perdido no trânsito também consome uma boa parte do nosso precioso tempo de vida e de acordo com a pesquisa de Mobilidade Urbana, da Rede Nossa São Paulo e a Fecomercio-SP, duas horas é o tempo mínimo gasto no deslocamento principal do dia, para ir ao trabalho ou à escola e o tempo médio é de duas horas e 38 minutos.

Já uma pesquisa da Firjan diz que quem trabalha no Rio leva em média 2h21min para ir e voltar do trabalho para casa.

Segundo a revista “Exame.com” os paulistanos levam 3 dias por ano só para ir e voltar do trabalho.

Vamos pensar que em 12 meses iremos acessar o trânsito 11 meses e em 6 dias por semana para irmos de casa/trabalho (ida e volta) ou casa/escola (ida e volta) e vamos colocar um tempo médio diário de duas horas somente.

2 (duas horas diária) x 6 (dias por semana) x 11 (meses) = 132 horas por ano.

Imaginemos que temos esse acesso de consciência ao trânsito a partir dos 7 anos de idade quando a maioria das crianças começam a ir para a escola com os pais de carro, ônibus ou van escolar e que viveríamos até os 71 anos de idade.

Teríamos de experiência no trânsito e tempo de vida em risco iminente e em perigo constante em torno de 8.448 (oito mil e quatrocentas e quarenta e oito) horas. Isso somente no deslocamento de ida e vinda para escola/casa ou trabalho/casa.

Claro que isso está exposto de maneira bem simplificada, pois se contar quem utiliza o trânsito para seu trabalho diário, tais como os motoristas de transporte de coletivo ou carga, os taxistas, os motofretistas, os mototaxistas, os que utilizam o veículo como meio de deslocamento de trabalho, etc. teríamos pessoas que passam mais da metade de vida no trânsito.

Isso nos leva a conclusão de que o trânsito consome uma boa parte de nossas vidas em horas perdidas nos deslocamentos diários simples.

Por conta disso, precisamos saber utilizar as vias de trânsito com sabedoria e consciência cidadã. Pois em uma boa parte de nossas vidas iremos em algum momento se deparar com situações nas quais muitas das vezes teremos que agir, ser assertivos. Não tem como fugir de algo que faz parte do nosso dia-dia.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ROTATÓRIAS NO EXAME DE PRIMEIRA HABILITAÇÃO

Como fazer? Devo usar a seta pra direita ou esquerda quando entrar na rotatória? E quando circular por ela, aciono a seta pra esquerda ou não precisa? E quando sair da rotatória, aciono a seta pra que lado?
Essas são algumas de muitas dúvidas que  candidatos à Primeira Habilitação e pra vergonha nossa, digo que até  muitos instrutores e claro, que não ficam de fora, muitos examinadores de trânsito que desconhecem as regras de circulação em rotatórias na hora de avaliação e treinamento.
Procurado por alguns candidatos a examinadores, que foram reprovados nas rotatórias, decidi  postar aqui o assunto - rotatória.
Antes de falar especificamente de rotatórias e como realizar bem o movimento nelas, sem violar as regras, vamos falar das Normas de Circulação no que se referem à mudança lateral de direção do veículo. 
          Art. 35. Antes de iniciar qualquer manobra que implique um deslocamento lateral, o condutor deverá indicar seu propósito de forma clara e com a devida antecedência, por me…

QUESTÕES DA PROVA PARA EXAMINADOR DETRAN/ES

FALAREMOS SOBRE ALGUMAS QUESTÕES DO EXAME DO PROCESSO SELETIVO PARA EXAMINADOR DE TRÂNSITO - DETRAN/ES 2014
(Post sugerido por Candidatos a Examinador de Trânsito - Interno e Externo do Detran/ES)
1 – A suspensão do direito de dirigir ocorrerá quando o condutor atingir: A – vinte pontos no prazo de doze meses. B – vinte pontos sem limite de prazo. C – vinte e um pontos sem limites de prazo. D – vinte e um pontos no prazo de doze meses.
Resposta correta é a “A”.
Análise da resposta: Segundo o Código de Trânsito Brasileiro – CTB  no artigo 261 e parágrafo primeiro diz que “Além dos casos previstos em outros artigos deste Código e excetuados aqueles especificados no art. 263, a suspensão do direito de dirigir será aplicada quando o infrator atingir, no período de 12 (doze) meses, a contagem de 20 (vinte) pontos.” E na resolução 182/05 no artigo terceiro e inciso I diz que: “A penalidade de suspensão do direito de dirigir será imposta nos seguintes casos:  “ sempre que o infrator atingir a contage…

CASSAÇÃO OU SUSPENSÃO DA PPD E CNH

Quando o condutor terá sua CNH suspensa?
A suspensão do direito de dirigir será aplicada em duas hipóteses: a) Quando o condutor atingir a contagem de 20 pontos ou mais em seu prontuário, em um período de 12 meses, é o caso da Suspensão por Pontuação, ou; b) Quando o condutor cometer uma infração gravíssima que estabeleça automaticamente a aplicação da suspensão do direito de dirigir, mesmo que não tenha atingido 20 (vinte) pontos em seu prontuário, ou seja, mesmo que cometa uma única infração de trânsito terá sua CNH suspensa, é o caso da Suspensão Específica.  (Exemplo: Beber e dirigir é Suspensão Específica.) Em ambos os casos o condutor terá o direito de dirigir suspenso por um determinado período e deverá fazer o curso de reciclagem para condutor infrator.
Quando o condutor terá sua CNH cassada?
A cassação da Carteira Nacional de Habilitação será aplicada em três situações: a) quando o condutor, que tiver sido penalizado com suspensão do direito de dirigir, for pego conduzindo qualquer v…