sábado, 13 de outubro de 2012

BOAS PRÁTICAS PARA GARANTIR MAIS SEGURANÇA NO TRÂNSITO


Fazer tudo certo não custa dinheiro

(Cumprir as normas do trânsito, cursos de condução em segurança nas empresas, avisar quando ver um acidente, evitar dirigir quando estiver a tomando certos tipos de medicamentos, ser mais tolerante ao volante para evitar situações perigosas na estrada, praticar a condução "eficiente" para economizar combustível e poluir menos ... Revisamos muitas coisas que custam  pouco porém, que irá lhe fazer bem, e não custam dinheiro, no entanto, o ganho de valor inestimável.

Um em cada quatro motoristas tem um comportamento anti-social que origina uma situação de risco no trânsito.  Às vezes leva à agressão, descortesia ou desrespeito, outros estão cometendo infrações que muitas das vezes terminam em acidente: em 2010, no Brasil foram, segundo estatísticas do DENATRAN foram mais de 350 mil acidentes e mais de 400 mil vítimas que ocorreu porque alguém não respeitou a prioridade de um semáforo ou parada, e outros que acontecem puramente por causa do comportamento negligente ou imprudente do usuário da via.)

Na Espanha, como em outros países da Europa, a busca por comportamentos adequados e ações corretas no trânsito tem sido prioridade.

Por aqui, ações e comportamentos corriqueiros, que poderiam ser evitados, com uma simples consciência cidadã  evitariam infrações, acidentes e até mesmo as muitas mortes que acontecem.

(...)
Vejam post original aqui

toda matéria da revista eletrônica aqui

Usar seu carro  como arma por causa do seu comportamento anti-social é legal?

O INSTRUTOR DE TRÂNSITO E O CREDENCIAMENTO JUNTO AO ÓRGÃO

O CREDENCIAMENTO DO INSTRUTOR DE TRÂNSITO E A RENOVAÇÃO. Em alguns órgãos executivo estadual de trânsito, tem a praxe de todo ano, ...