terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA NA ULTRAPASSAGEM

Domingo dia 12, na BR 101 norte, no Estado do Espirito Santo, Jociliano Oliveira Souza, de 26 anos morreu ao realizar uma ultrapassagem indevida no município de Sooretama e colidir de frente com um Corolla.

Toda manobra é de grande risco, desde a mais simples, como mudança de faixa, a uma ultrapassagem que é uma manobra de grande perigo.
Quando feita de forma imprudente ou sem nenhum conhecimento de técnicas defensivas e perícia na direção se torna mais arriscada ainda.

A colisão ocorreu por que o motorista  que estava ultrapassando, o Jociliano, leva a carro para o acostamento contrário ao fluxo, coisa essa que também fez o motorista do Corolla.

Princípio básico: Jamais faça do acostamento contrário um ponto de fuga para evitar uma colisão frontal.

Pelo contrário, um ponto de fuga para evitar uma colisão frontal é o acostamento da direita, da mesma mão de direção, ou voltar para a posição de antes de iniciar a ultrapassagem.


À principio, só faça a ultrapassagem se for extremamente necessário. Não force ultrapassagem para a qual você não disponha de espaço suficiente.

Procedimentos:

Onde há sinalização proibindo a ultrapassagem, não ultrapasse.

A sinalização é a representação da lei e foi implantada por pessoal técnico que já calculou que naquele trecho não é possível a ultrapassagem, porque há perigo de acidente.
Nos trechos onde houver sinalização permitindo a ultrapassagem, ou onde não houver qualquer tipo de sinalização, só ultrapasse se a faixa do sentido contrário de fluxo estiver livre e, mesmo assim, só tome a decisão considerando a potência do seu veículo e a velocidade do veículo que vai à frente.
Nas subidas só ultrapasse quando já estiver disponível a terceira faixa, destinada a veículos lentos. Não existindo esta faixa, siga as mesmas orientações anteriores, mas considere que a potência exigida do seu veículo vai ser maior que na pista plana.
Para ultrapassar, acione a seta para esquerda, mude de faixa a uma distância segura do veículo à sua frente e só retorne à faixa normal de tráfego quando puder enxergar o veículo ultrapassado pelo retrovisor.
Nos declives, as velocidades de todos os veículos são muito maiores. Para ultrapassar, tome cuidado adicional com a velocidade necessária para a ultrapassagem. Lembre-se que você não pode exceder a velocidade máxima permitida naquele trecho da via.
Outros veículos podem querer ultrapassá-lo. Não dificulte a ultrapassagem, mantendo a velocidade do seu veículo ou até mesmo reduzindo-a ligeiramente.
Para baixar o Manual, clique aqui.

Ultrapassagem, velocidade e visibilidade

Nunca ultrapasse sem ver até onde irá acabar a manobra
Ao ultrapassar, você adota uma velocidade que deverá manter até completar a ultrapassagem. Então, antes de iniciar a manobra, você deve estar certo de poder manter esta velocidade até o fim. Para isto, você tem de ter uma visão completa do percurso que você vai fazer até completar a manobra.
Veja, neste vídeo, um acidente ocorrido com um caminhão cujo motorista verificou tardiamente ter ingressado numa curva em velocidade excessiva.

Veja outros procedimentos de segurança aqui

Veja vídeo do acidente:
video

SEU CARRO ESTÁ DEVIDAMENTE LICENCIADO?

VOCÊ SABE DIFERENCIAR O QUE É LICENCIAMENTO, DPVAT,  IPVA E MULTA? Vamos tratar de cada tema nesta postagem. Mas, à priori, s...