quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

TRÂNSITO COLETIVO, SOCIAL OU INDIVIDUAL?



Somos indivíduos e não há dúvidas sobre isso. No entanto, Precisamos da outra parte, do social para interagirmos e isso está relacionado diretamente a sobrevivência. Precisamos dos grupos e dos relacionamentos.   E, isso não significa que precisamos ser apáticos em relação ao próximo.

Durante um mês, fiquei meia hora do dia, nas principais avenidas na região metropolitana do Espirito Santo e de uma semana no Rio de Janeiro, avaliando quantos veículos circulavam somente com o motorista ou com 1 (um) ou mais passageiros.

O resultado foi o esperado e nada surpreendente!

Em cada 100 veículos analisados que circulavam nos pontos investigado, em média,  75 circulavam somente com o motorista; 15 veículos com um carona, 5 veículos com três passageiros  5 veículos com quatro passageiros.

Tá pra se ver que nosso trânsito é individualista.

isso é o resultado da nítida negligência do poder público em não investir em transporte coletivo de qualidade e com valor acessível a todos. 

O trânsito é considerado um meio social  que mais mata e também que resulta em doenças da mais diversa categoria.
Qual é a vantagem do transporte individual?

Pois, além do estresse que provoca, que é o principal ponto negativo do transporte individual, ainda acarreta um caos de proporção imensa e a emissão de poluentes que é surpreendente! 
E se não bastasse, ainda põe o motorista num universo de competições sem fim em vias publica e é claro, o faz ficar  e se sentir sozinho no meio da multidão.

A única vantagem que um veículo particular recebe a favor, EM COMPARAÇÃO ao transporte coletivo no trânsito urbano de HOJE,  é que, o motorista não precisa ficar em pontos de ônibus cheios, debaixo de chuva ou sol e com os sérios atrasos. Então é muito melhor e mais confortável encarar o caos pelo lado de dentro e "confortável" (dentro do carro) do que pelo lado de fora (em coletivo)

Quais as vantagens de um transporte coletivo de qualidade e moderno?

As vantagens de um transporte coletivo de qualidade e moderno, é que muitos deixariam, pelo menos, durante a semana, de usar o carro e assim, desafogaria o trânsito, além de, em um transporte coletivo, os usuário teriam um viagem mais tranquila, lendo um livro, ouvindo música ou quem sabe colocando a conversa em dia e criando um círculos de amizade e socializando, conhecendo pessoas.

Porém, o transporte individual, pelo jeito, será o mais procurado e requisitado. Pois assim, é mais fácil e evita a fadiga do poder público.

Veja mais detalhe nesta reportagem da revista Veja

QUAL A CONSEQUÊNCIA? PRIMEIRA PARTE

O trânsito não é mais como era antigamente.  Antes, até pouco tempo atrás, poderíamos dirigir e beber, fumar, comer, andar com as...