quarta-feira, 2 de novembro de 2011

O COMPORTAMENTO COM O TEMPO MUDA


Hoje, dia de finados, um dia de homenagens. Aqui uma homenagem especial às vítimas de trânsito em todo país.


Mas, ainda que o índice de acidentes esteja altíssimo, o comportamento vem mudando no trânsito capixaba.


Apesar dos pesares, "dos contras" de existirem aqueles que remam contra a maré, ou seja, não querem que as coisas mudem; A maioria está disposta a mudar e mudou! 
Já é possível ver que a conscientização e o respeito  fazem parte do dia a dia do condutor capixaba.


Estão respeitando a faixa de pedestre, onde não há sinalização semafórica para dar passagem, até mesmo onde não há faixa de pedestre, como no caso da rua General Osório, no Centro de Vitória, os motoristas estão entendendo a dificuldade e perigo que correm por conta de um pedestre na rua e facilitam a passagem para que não corram risco. ( para ambos os lados)


(claro que isso se fez necessário na vida dos motoristas, pois, ou mudamos ou morramos)


E essa mudança se  faz por conta da forte campanha da mídia capixaba. 
Comprovando que a mídia consegue sim influenciar no comportamento de forma direta.


Claro que não podemos parabenizar  àqueles que trabalham em prol de um trânsito mais humano, respeitoso, amigo e saudável. 


Parabéns:
*aos instrutores e educadores que honram a função que exercem, dedicando suas vidas e se empenham a educar os futuros motoristas, nos cursos de Reciclagem para Condutores Infratores e nas palestras. 


*as autoescolas que prestam um serviço de qualidade, que se preocupam com seus alunos e trabalham junto com o Órgão Executivo de Trânsito do Estado para melhor capacitar os futuros motoristas.


*aos motoristas que estão fazendo um papel de cidadão, respeitando o Código e a vida.


Parabéns a todos que estão envolvidos direta e indiretamente ao trânsito e que tem o mesmo pensamento...
... Um comportamento socialmente correto.

O INSTRUTOR DE TRÂNSITO E O CREDENCIAMENTO JUNTO AO ÓRGÃO

O CREDENCIAMENTO DO INSTRUTOR DE TRÂNSITO E A RENOVAÇÃO. Em alguns órgãos executivo estadual de trânsito, tem a praxe de todo ano, ...