segunda-feira, 18 de julho de 2011

COMPORTAMENTO É TUDO. NEM SE FOR RAPIDINHO!

Quando o fiscalizador se torna um infrator.                                                                    O comportamento é:
 olhar, comprimentar  e ir embora. 



Pois o infrator olha, entende a posição do fiscalizador, Pois também é infrator, e vai embora.

1º CONGRESSO DE INSTRUTORES DE TRÂNSITO

Durante muito tempo, o Instrutor não teve o seu valor devidamente reconhecido, mesmo sendo ele o responsável, muitas vezes, pelo p...