quarta-feira, 13 de abril de 2011

A JUSTIÇA MANDA. A JUSTIÇA DESMANDA. E NÓS OBESERVAMOS

                             O ENTREGADOR                                                                      O ADVOGADO




O advogado Diogo Morais, acusado de atropelar e matar o entregador de jornais Wellington Cunha, ( PAI, MARIDO, SER HUMANO, HOMEM, ) na terceira ponte, no dia 31 de Março de 2011  veja vídeo aqui

Foi solto. Pois é! Está soltinho. Soltinho.
 A prisão temporária de 30 dias que havia sido decretada pela justiça a pedido do Delegado de Trânsito, Fabiano cantarato, que foi indiciado por crime doloso indireto ( Quando não há intenção, mas assume o risco.) "São coisas que inventam para não punir".


"O advogado de defesa, Rivelino Amaral, alegou que seu cliente não tinha motivos e nem elementos para continuar preso. E ainda disse que a revogação é importante, pois não há de se falar em prisão em casos como este, de acidentes de trânsito."
Ao saber da decisão, o delegado, Fabiano Cantarato disse: " Não se comenta decisão judicial, se cumpri. Só posso dizer que minha parte, a da polícia, eu fiz.


Ou seja, A mesma Justiça que mandou prender. Mandou soltar. 
O trabalho do delegado é poeira nos olhos dos outros.
E a sociedade apenas olha, senti, chora e...
... PSIU! QUIETO!

  fonte: À Tribuna



1º CONGRESSO DE INSTRUTORES DE TRÂNSITO

Durante muito tempo, o Instrutor não teve o seu valor devidamente reconhecido, mesmo sendo ele o responsável, muitas vezes, pelo p...