terça-feira, 25 de janeiro de 2011

É IMPRUDÊNCIA OU NEGLIGÊNCIA?

Há uma certa confusão em determinar na hora de dar uma resposta sobre se tal acontecimento é uma negligência ou uma imprudência.

Como identificar um caso e separa-lo do outro.

Pois bem;

NEGLIGÊNCIA
1º ( Negligência = do latim "negligentia" termo que designa falta de cuidado ou de aplicação numa determinada situação, tarefa ou ocorrência.)

2º (Negligência = do latim "de neglegera" nada mais é que a falta de diligência, implica desleixo, preguiça, ausência de reflexão necessária, caracterizando-se também pela inação, indolência, inércia e passividade.

Diante da questão trânsito negligência é: Descaso, displicência ou desleixo de quem conhece as regras, mas não dá a devida importância.

Exemplo do condutor que não obedece as leis de trânsito é um negligente.

* Então, negligência é falta de respeito, cuidado, diligencia ou passividade em relação as regras cujo resultado é a punição.

IMPRUDÊNCIA
Imprudência é um comportamento de precipitação, de falta de cuidados.
(É o atuar sem precaução, precipitado, imponderado.)

Ou seja, o condutor que dirige perigosamente, se arrisca, não se importa com terceiros, assume riscos contra a própria vida. Não necessariamente desrespeita as leis de trânsito, ele faz coisas que não condiz com a segurança, não se importa com as regras de segurança, mas obedece as normas. O contrário é prudente.

Portanto, NEGLIGENTE é aquele condutor que não obedece as normas, as leis, as regras e IMPRUDENTE é o condutor que é desleixado com a segurança assumindo riscos de provocar acidentes e outros erros na condução do veículo.
Postar um comentário

EM QUAL VEÍCULO EU DEVO APRENDER?

Segundo a Resolução 168/2004 do CONTRAN, o exame é composto de duas etapas, quais sejam: I – estacionar em vaga delimitada por balizas ...