quarta-feira, 2 de setembro de 2009

AEROPASTO!

Na sessão da Assembléia legislativa de Vitória do dia 2/9/2009, o Deputado Drº Hercules (PMDB) Chamou o aeroporto de Vitória de aeropasto.

Falando sobre Mobilidade Urbana, críticou sobre o falatório do pré sal que ve nos últimos dias tomando lugar de destaque nas mídas em todo Brasil, dizendo que o pré sal já está deixando todo mundo com pressão alta.

Relatou sobre os problemas no municipio de Cariacica, da Capital, elogiou o ex governador Élcio Álvares sobre a construção da Terceira Ponte ( que tem o nome oficial de: Ponte Deputado Darcy Castello de Mendonça e liga a cidade de Vitória a Vila Velha) e críticou os novos governates por nada terem feito para o "agora".

Criticou o presedente Lula e disse que o aeroporto de muitas cidadezinhas do interior do Brasil é melhor do que o aeropasto que temos aqui.

E como não bastasse, Lula agora é capixaba!!! Pois é! Ele rcebeu o título de cidadão Espírito-santense das mãos do Deputado Claudio Vereza (PT), O título tem origem na Lei Estadual nº 9179, de autoria do próprio deputado

Bom, Se ele é realmente Capixaba, com certeza realizará as obras do aero pasto e transformará-lo em aeroporto internacional

Infraero investe em todo país

Para prover infra-estrutura e serviços aeroportuários com segurança, conforto e eficiência, a Infraero pratica desde 2003 um plano de obras que moderniza o setor aeroportuário brasileiro.

Em cinco anos foram entregues mais de 25 grandes obras, beneficiando 19 aeroportos de todas as regiões do País. Além destes, dezenas de aeroportos receberam pequenas obras.



Na Região Sudeste, o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, teve em janeiro de 2008 a conclusão da obra da passagem subterrânea que liga a Av. Washington Luís ao aeroporto, melhorando o acesso. Obras de modernização também foram realizadas.

(somente no Espírito santo onde o cidadão Espirito-santense Lula veio 11 vezes não há reformas; Afinal, para que reformar aero pasto?) grifo nosso.



pelo menos estamos em construção!


QUAL A CONSEQUÊNCIA? PRIMEIRA PARTE

O trânsito não é mais como era antigamente.  Antes, até pouco tempo atrás, poderíamos dirigir e beber, fumar, comer, andar com as...